top of page

Trabalho híbrido é melhor para a saúde mental, diz estudo

Pesquisadores canadenses também analisaram os fatores que contribuem para o surgimento de burnout entre profissionais O trabalho híbrido, que envolve uma combinação de trabalho em casa e no escritório, pode ser uma alternativa mais saudável para a saúde mental dos trabalhadores, de acordo com um novo estudo divulgado recentemente. O estudo foi conduzido por pesquisadores da University of British Columbia, no Canadá, e publicado na revista científica Social Science & Medicine.


A pesquisa descobriu que os funcionários que trabalhavam em um ambiente híbrido relatavam uma melhor saúde mental e menor estresse do que aqueles que trabalhavam exclusivamente em casa ou no escritório. Os trabalhadores que trabalhavam em casa em tempo integral relataram maiores níveis de estresse, solidão e falta de motivação.


Por outro lado, aqueles que trabalhavam no escritório em tempo integral relataram maiores níveis de cansaço, exaustão e sobrecarga de trabalho.


Esses resultados sugerem que o trabalho híbrido pode oferecer uma solução mais equilibrada e saudável para o bem-estar dos trabalhadores. Isso permite que os funcionários desfrutem dos benefícios do trabalho em casa, como maior flexibilidade e economia de tempo e dinheiro em deslocamentos, enquanto ainda mantêm o contato humano e o senso de comunidade que muitos sentem falta quando trabalham em casa. No mesmo estudo, os cientistas também examinaram os fatores que contribuem para o surgimento de burnout entre trabalhadores . Para isso, foram coletados dados de 486 participantes com idade média de 34,7 anos.

As pessoas que afirmaram sofrer do problema também relataram maior solidão, mais experiências de discriminação e menor apoio da família, amigos e outras pessoas importantes. O burnout também é maior entre aqueles que vivem com alguma deficiência.

Outras variáveis ​​associadas a um maior esgotamento incluem quantidade de sono insuficiente, desequilíbrios de tempo (muito ou pouco tempo dedicado à vida pessoal), tensão financeira e insatisfação no local de trabalho (menos probabilidade de sentir que seu local de trabalho é “justo”). Aqueles com diploma de bacharel também apresentaram pontuações mais altas de burnout.

“Um fator chave que pode impactar o bem-estar dos funcionários é o quanto de apoio social eles recebem e suas experiências com a solidão. Nossos locais de trabalho são locais importantes para nossa conexão social. Priorizar a saúde social dentro e fora do ambiente de trabalho é fundamental para nos proteger do esgotamento”, afirmou Kiffer Card, professor assistente de ciências da saúde da Universidade Simon Fraser, em nota publicada junto com o artigo.



Os benefícios do coworking para empresas que adotam o trabalho híbrido


Para as empresas que desejam implementar o trabalho híbrido, uma opção a considerar é o modelo de coworking. O coworking é uma alternativa popular para trabalhadores independentes e freelancers, bem como para empresas que desejam ter uma presença física sem precisar de um espaço de escritório tradicional.


No modelo de coworking, uma empresa aluga um espaço de trabalho compartilhado em um edifício ou escritório central, onde os funcionários podem trabalhar em conjunto com outros profissionais de diferentes empresas e setores. Isso oferece a oportunidade de colaboração, networking e inspiração, além de uma estrutura física de escritório que pode ser usada conforme necessário.


Uma das principais vantagens do coworking para as empresas que desejam praticar o trabalho híbrido é a flexibilidade que ele oferece. Com um espaço de coworking, as empresas podem alugar apenas a quantidade de espaço que precisam, sem se comprometer com um longo prazo ou um grande investimento inicial. Além disso, muitos espaços de coworking oferecem opções de aluguel por hora ou dia, permitindo que os funcionários trabalhem no escritório apenas quando for necessário.


Outra vantagem do coworking é a infraestrutura que ele oferece. Muitos espaços de coworking possuem comodidades, como salas de reunião, espaços de coworking em equipe, áreas de descanso e acesso à internet de alta velocidade. Isso significa que as empresas que desejam implementar o trabalho híbrido podem oferecer aos funcionários um ambiente de trabalho profissional e equipado sem precisar se preocupar com a instalação e manutenção de uma infraestrutura própria.


Além disso, o modelo de coworking pode ser uma excelente opção para empresas que desejam manter um senso de comunidade e colaboração entre seus funcionários. Ao trabalhar em um espaço compartilhado com outros profissionais, os funcionários têm a oportunidade de trocar ideias e aprender com os outros profissionais, o que pode levar a novas ideias e abordagens no trabalho.








7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page